O nosso trabalhoOptimização dos recursos

Cabe aos ministérios das finanças assegurar que o erário público seja gasto de forma judiciosa pelas entidades de despesa. A optimização dos recursos exige que todos os participantes no processo orçamental ponderem todas as alternativas em relação a cada decisão a tomar neste ciclo complexo. Essencialmente, os governos optimizam os seus recursos quando adoptam as políticas correctas (face às necessidades específicas), escolhem as intervenções que apresentam a melhor relação entre o custo e os benefícios, e implementam essas intervenções de forma eficiente, justa e moral. Outro aspecto importante a ter em consideração aquando da tomada de decisões, é a responsabilidade de cada um dos responsáveis pela execução em relação às decisões e às escolhas feitas.

Subscrever à newsletter da CABRI