PublicaçõesRelatório

Práticas e procedimentos orçamentais em África 2015 Análise dos poderes e dimensão dos ministérios das finanças

pt Baixar (1.17 MB)

Índice

1. Sobre este inquérito
2. Análise dos poderes e dimensão dos ministérios das finanças 
3. O mandato e os poderes dos ministérios das finanças 
4. Dimensão dos ministérios das finanças
5. Investigação e análise futuras
6. Anexo 

O alcance e a dimensão da gestão das finanças públicas têm expandido significativamente desde os meados do século vinte. A expansão é impulsionada pelo crescimento das receitas e despesas públicas em relação às economias dos países e o papel mais amplo desempenhado pelo Estado. Os ministérios vêem-se confrontados com maiores exigências de processamento de transacções, regulamentação, análise e supervisão. A capacidade dos mesmos no sentido de cumprir os seus mandatos é um factor determinante do desempenho das finanças públicas. Este documento, o quinto numa série de sete, centra-se nas perguntas do inquérito relativas aos mandatos, aos poderes e à dimensão dos ministérios das finanças em África.

Ano: 2017 Tema: Reforço das Capacidades de GFP, Práticas orçamentais Countries: Benin, Botswana, Burkina Faso, Burundi, Central African Republic, Comoros, Cote d'Ivoire, Gana, Guinea, Quénia, Lesoto, Madagáscar, Mali, Maurícias, Namíbia, Niger, Seicheles, Serra Leoa, África do Sul, Tanzânia, Gambia, Tunisia, Uganda Língua: Português

Subscrever à newsletter da CABRI